sábado, 19 de janeiro de 2013

Por que?

Eu já tentei entender, já achei que tivesse entendido, ou pelo menos estivesse quase lá, mas não, eu não consigo entender como que uma pessoa entra do nada na tua vida e do nada evapora! Por que? Como? Se tem uma coisa que eu odeio é ter um ponto de interrogação me rondando, ou reticências. Ou você coloca uma vírgula e deixa bem claro a posição dela, ou você coloca de vez um ponto final. Tá, eu poderia virar a página, eu achei que eu já estivesse terminado esse capítulo,mas vira e mexe fica essa interrogação me martelando... (olha as reticências aqui!) Eu sei que despedidas não são fáceis,mas acho que não teria sido difícil nesse caso dizer " tchau, passe bem, até nunca mais!" Daí você me pergunta, "mas por que você não dá um basta nisso? pra quê ficar nessa sangria desatada esperando uma resposta, sendo que ela nunca virá?" Eu te digo : NÃO SEI! Não sei se eu curto de fato um drama. Se é uma pontinha de esperança guardada em algum lugar a sete chaves. Se é aquela história de que tem coisas na vida que são passageiras,existem pessoas passageiras, aparecem por um curto espaço de tempo e se vão, e o papel delas é apenas temporário.Em alguns casos você entende, mas e quando não?O que você faz? O que você faz quando você já tentou das maneiras que existiam? E tem aquela parte sua que ainda insiste... Crazy? Retarded? Carlu Rae Jepsen - Call me maybe Gotye - Somebody that I used to know Titanium - Sia & David Guetta